Publicidade

Publicidade

Publicidade

26 de Maio de 2017 Publicado por: Folha Noroeste Categoria: Regional

Feirão da Caixa de imóveis começa nesta sexta no Anhembi

Serão oferecidos mais de 202 mil imóveis em São Paulo, Rio, BH, Campinas, Belém, Florianópolis, Porto Alegre, Recife, Salvador, Goiânia e Uberlândia
Em São Paulo, o feirão acontecerá no Pavilhão de Exposições do Anhembi

Publicado às 8h55

G1 São Paulo

Começa neste fim de semana a 13º edição do Feirão da Casa Própria da Caixa Econômica Federal. A partir das 10h desta sexta-feira (26) até as 18h do domingo (28), serão oferecidas mais de 202 mil ofertas de imóveis novos ou usados em 11 cidades.

Diferentemente de outros anos, quando o evento aconteceu em diferentes datas, neste ano serão apenas dois finais de semana de feirão. Nesta primeira etapa, o feirão será realizado nas cidades de São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Campinas (SP), Belém (PA), Florianópolis (SC), Porto Alegre (RS), Belo Horizonte (MG), Recife (PE), Salvador (BA), Goiânia (GO) e Uberlândia (MG). A entrada é gratuita.

Em junho, entre os dias 23 e 25 de junho, Brasília (DF), Fortaleza (CE) e Curitiba (PR) receberão o evento.

Expectativa de negócios

Em São Paulo, o feirão acontecerá no Pavilhão de Exposições do Anhembi, com previsão de oferta de mais de 80 mil unidades. No Rio de Janeiro, será no RioCentro com mais de 20 mil imóveis disponíveis. Em todo o país, até junho, serão 228 mil ofertas de 548 construtoras e 185 imobiliárias.

O Feirão da Caixa é considerado o maior do mercado imobiliário brasileiro. Os negócios realizados no feirão costumam representar cerca de 12% dos financiamentos efetivados no ano pelo banco. A Caixa é líder na concessão de crédito imobiliário no país com participação de mais de 60%.

A expectativa da Caixa é ao menos igualar o volume negócios fechados na edição do ano passado do feirão, quando foi movimentado cerca de R$ 10,3 bilhões entre negócios fechados e encaminhados.

Mercado desaquecido

O mercado imobiliário brasileiro segue desaquecido, com baixo volume de lançamentos e compras. O volume contratado no ano de crédito imobiliário com recursos da caderneta de poupança acumula queda de 7,8% até março, segundo dados da Associação Brasileira de Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip). No 1º trimestre, o número de unidades financiadas somou 40,9 mil, queda de 14,4% ante os 3 primeiros meses do ano passado.

Já os preços dos imóveis pararam de cair nos últimos meses. No acumulado no ano até abril, a alta é de 0,08%, segundo o índice FipeZap. Em 12 meses, o avanço é de 0,69%.

Financiamentos para imóveis de até R$ 3 milhões

A Caixa oferecerá financiamentos para imóveis no valor de até 3 milhões. As taxas de juros partem de 4,5% ao ano e o prazo de pagamento pode chegar a 35 anos, dependendo da linha. Para financiar, o comprador deve ter no mínimo 16 anos, desde que seja emancipado, e no máximo 80 anos.

O banco avalia que a maior procura deverá se concentrar nas unidades com valor médio de R$ 300 mil.

Segundo a Caixa, a aprovação do crédito durante o feirão será baseada nas informações do perfil do cliente, como renda, capacidade de pagamento e ausência de restrições cadastrais.

Mais de 3 mil empregados do banco estarão envolvidos na realização do evento.

Simulador de financiamento

Os interessados em adquirir um imóvel podem fazer simulações no site da Caixa e acessar informações sobre o uso do FGTS no financiamento imobiliário e a documentação necessária. Em caso de dúvida, a Caixa oferece ainda o telefone 0800 726 0101.