Publicidade

Publicidade

Publicidade

11 de Outubro de 2017 Publicado por: Folha Noroeste Categoria: Regional

Prefeito regional membro do MBL fiscalizará zeladoria na Lapa

Doria quer superar queda nas pesquisas de popularidade
Mathias prestigia lançamento de livro de Kim Kataguiri, um dos líderes do MBL. Foto: Reprod/Facebook

Publicado às 10h30

Por Gabriel Cabral

O prefeito João Doria (PSDB) dará poderes novos a prefeitos regionais da cidade. Entre as atividades está a fiscalização de zeladoria. Paulo Mathias, que comanda a Prefeitura Regional de Pinheiros e membro do MBL (Movimento Brasil Livre), irá tentar auxiliar Carlos Fernandes, da Lapa, no cuidado com os bairros pertencentes à gestão lapeana, como Pompeia, Vila Leopoldina e Vila Jaguara.

Mathias também cuidará da região do Butantã, Jabaquara e Vila Mariana. Ele entrou na polêmica sobre censura a obras artísticas, criticou Caetano Veloso e reportagem do programa de domingo “Fantástico”, da TV Globo, e ganhou espaço em reportagem no site da Veja. Clique aqui e leia (disponível apenas para assinantes).  Em abril, durante greves gerais programadas como protesto contra o governo Temer, o membro do MBL, já prefeito de Pinheiros, publicou vídeo onde comunica que seus funcionários iriam dormir na própria regional para não perder o dia seguinte de trabalho, quando ocorreria a greve. Para ler, clique aqui (disponível para quem não é assinante).

Doria tenta erguer novamente sua popularidade após observar nesta última semana pesquisas que apontam queda na aprovação de sua gestão no município. O número acompanhou informações que mostram que a cidade perdeu na questão de zeladoria. Segundo revelou a Folha de SP, a atual gestão recolheu 6% menos toneladas de sujeira da cidade nos primeiros seis meses do ano, em relação ao mesmo período do ano passado, quando Fernando Haddad (PT) comandava a prefeitura. O jornal Estado de S. Paulo também revelou que outras setes ações de zeladoria, como reparos de calçadas e limpeza de pichações, também sofreram piora durante o primeiro semestre de 2017.

Alberto Goldman (PSDB), poderoso nome do partido, teceu críticas ao prefeito. "Os jornais mostram que a situação é calamitosa em todos os bairros de São Paulo. Enquanto isso, o prefeito é candidato a presidente, só viaja, recebendo homenagens de cidades com as quais não tem nenhuma relação, pelas quais nunca fez nada", afirmou. Doria rebateu fortemente o colega de PSDB.

 

Pirituba/Jaraguá e Freguesia do Ó/Brasilândia

Doria também definiu que o prefeito regional que cuidará de Pirituba/Jaraguá e Freguesia do Ó/Brasilândia será Alexandre Pires, de Jaçanã/Tremembé.