Publicidade

Publicidade

Publicidade

04 de Dezembro de 2017 Publicado por: Folha Noroeste Categoria: Educação

CEU Pêra Marmelo no Jaraguá ganha laboratório de modelo de educação digital

A proposta é implementar o modelo em todos os CEUs da cidade
Foto: Leon Rodrigues/SECOM

Publicado às 11h35

Por Cristina Braga

A Prefeitura de São Paulo inaugurou, na última quarta-feira, 22, o Laboratório de Educação Digital do primeiro CEU 21, novo modelo que será replicado em todasas escolas da rede municipal a partir do próximo ano.

Recursos e doações da iniciativa privada possibilitaram aos estudantes do CEU Pêra Marmelo, no Jaraguá, escolhido como piloto no projeto, acesso a modernos notebooks e tablets, impressora 3D e cortadora a laser, além de ferramentas variadas para projetos de robótica. O novo mobiliário favorece o trabalho em grupo. O CEU Pêra Marmelo é o primeiro de três unidades do CEU 21 a ter o laboratório inaugurado até o início do ano letivo de 2018. A proposta é implementar o modelo em todos os 46 CEUs da cidade.

“Queremos as crianças das escolas municipais aprendendo e ganhando experiência em tecnologia. Isso vai fazer com que se tornem tão competitivas quanto as de classe média, que estudam em colégios privados que cobram mensalidades altíssimas. Aqui, não há mensalidade, mas há a mesma qualidade de ensino”, afirmou o prefeito João Doria.

O CEU 21 servirá de piloto para o novo modelo de Laboratório de Educação Digital (LED), que deve chegar a todas as 550 EMEFs da rede até 2020, atualizando o conceito da sala de informática, que, atualmente, tem desktops enfileirados onde são feitas tarefas individuais.

Foram instalados no CEU Pêra Marmelo 20 notebooks, sete tablets, um projetor, uma impressora 3D, uma cortadora e kits de robótica e eletrônica. Também haverá ferramentas de marcenaria e, nesta unidade, uma máquina de costura, a pedido dos professores.

O CEU 21 tem como parceiros a Fundação Lemann, que apoia a implantação dos LED, e a Cisco, que doou equipamentos de conectividade do Legado Olímpico.