COTIDIANO

Aberto edital da linha 8-Diamante à iniciativa privada. Veja os trechos na zona noroeste

Publicada em 03/12/2020 às 9h30

Por Cristina Braga

A Secretaria de Transportes Metropolitanos publicou o edital de concessão das Linhas 8 – Diamante e 9 – Esmeralda para a iniciativa privada. A expectativa é arrecadar mais de R$ 3 bilhões com a concessão das duas linhas, segundo o governo de São Paulo.De acordo com o documento, podem participar da licitação empresas brasileiras, estrangeiras e consórcios.O vencedor deverá apresentar uma certidão que comprove sua capacidade técnica.O vencedor precisará também comprovar experiência prévia, no último ano, como responsável pela gestão/administração de ativo de infraestrutura, de valor mínimo de investimento de R$ 650 milhões, que tenha gerado receita operacional anual de, no mínimo, R$ 300 milhões.

Na Linha 8 – Diamante, a empresa vencedora administrará 41,6 km e 22 estações: Júlio Prestes; Palmeiras-Barra Funda; Lapa; Domingos de Moraes; Imperatriz Leopoldina; Presidente Altino; Osasco; Comandante Sampaio; Quitaúna; General Miguel Costa; Carapicuíba; Santa Terezinha; Antônio João; Barueri; Jardim Belval; Jardim Silveira; Jandira; Sagrado Coração; Engenheiro Cardoso; Itapevi; Santa Rita e Amador Bueno, um pátio de manutenção e estacionamento de trens (Pátio Presidente Altino) e a futura estação Ambuitá a ser reconstruída pela empresa vencedora.