COTIDIANO

Área social é a mais atingida por cortes na Gestão Doria; são R$ 108 milhões a menos

Publicado às 11h50

Por Priscila Perez

Mais polêmica à vista. O Governo de São Paulo, sob a gestão de João Doria, encurtou o orçamento da área social, que abrange programas como Bom Prato e Viva Leite. São R$ 108 milhões a menos só neste ano, embora o estado se encontre em um contexto crescente de desemprego e pobreza. A redução nos gastos programados para 2019 é de 13%. Na contramão dos cortes, as áreas de saúde, educação e segurança não sofreram ajustes ao longo do ano.

O arrocho foi maior no programa Viva Leite, cujo orçamento caiu de 222 milhões para R$ 173 milhões. Vale lembrar que é por meio desta iniciativa que crianças e idosos em situação de vulnerabilidade são assistidos pelo governo. Renda Cidadã, Proteção Social Especial de Alta Complexidade, Ação Jovem e Bom Prato são outros programas que também gastaram menos do que o previsto para 2019. Juntos, somam R$ 62 milhões a menos no orçamento.

Programa Viva Leite da Gestão Doria
Programa Viva Leite. Foto: Divulgação.

O Bom Prato, aliás, ganhou mais visibilidade na Gestão Doria, mas, ainda sim, sofre com os ajustes orçamentários. São R$ 8 milhões contingenciados. Independente do corte, as unidades seguem cheias – inclusive a da Lapa –, e a demanda só aumenta.

Cortes da Gestão Doria atingem programa Bom Prato
Restaurante Bom Prato. Foto: Diogo Moreira/A2.

Mesmo que o governo cumpra o orçamento, ainda sim gastará R$ 20 milhões a menos na área social. Pois é, a crise econômica não poupa ninguém – nem o Estado mais rico do país.

Crítica e resposta

Questionado sobre a planilha de gastos, o ex-governador Márcio França foi enfático. “Ele [Doria] fez a redução na prefeitura porque, sinceramente, quem não toma leite pode não entender a necessidade”, afirmou. A Gestão Doria, por sua vez, alega que “receitas incertas e superestimadas” pelo governo anterior levaram o Governo do Estado a tomar medidas para reduzir o déficit orçamentário. O contingenciamento foi de R$ 5,7 bilhões para garantir o funcionamento de serviços essenciais como saúde, educação e segurança.

Folha Noroeste

Somos o maior prestador da região Noroeste, com mais de 100 mil exemplares impressos a Folha do Noroeste tem se destacado pelo seu comprometimento com a Noticia e tem ajudado a milhares de pessoas a divulgar os problemas do cotidiano de nosso bairro.

Adicione Comentário

Clique aqui para postar um comentário