COTIDIANO

Assistência social e habitação terão orçamento reduzido em 2020; proposta foi aprovada na Câmara em primeira votação

Publicado em 12/12, às 12h40

Por Priscila Perez

A Câmara Municipal aprovou na última quarta-feira, 11 de dezembro, em primeira votação, a proposta orçamentária da Prefeitura de São Paulo para 2020. Foram 40 votos a favor e dez contra. De acordo com o projeto, a cidade terá à disposição R$ 68,9 bilhões, com aumento de investimento em zeladoria (220%), saúde (11,5%) e educação (8%). Entretanto, áreas como assistência social e habitação tiveram o orçamento encurtado em 11% e 4%, respectivamente.

Foto: Reprodução/TV Globo.
Subprefeituras

A verba destinada às 32 subprefeituras da capital será de 200 milhões. A Subprefeitura Pirituba/Jaraguá, por exemplo, poderá contar com R$ 35,8 milhões em caixa. O montante previsto na Lei Orçamentária Anual, no entanto, é 13% mais baixo em relação ao deste ano, que chegou a R$ 41 milhões.

Por outro lado, a proposta atual prevê incrementos orçamentários em áreas como requalificação e promoção da ocupação de espaços públicos, com 7,8 milhões disponíveis no ano que vem. Serviços como manutenção de guias e sarjetas, por exemplo, terão R$ 2,4 milhões à disposição. Já a operação tapa-buraco contará com R$ 2,6 milhões em caixa.

Zeladoria em alta

A verba destinada aos serviços essenciais recebeu um “up” neste ano. Para resolver as milhares de solicitações que chegam à Central de Atendimento 156, a Prefeitura de São Paulo triplicou o orçamento voltado à zeladoria da cidade, chegando a R$ 1,5 bilhão. E para 2020, mais R$ 3 bilhões estão no radar da gestão Bruno Covas.

Oposição

Para o vereador Alessandro Guedes (PT), o texto em questão precisa de ajustes. “A peça chegou muito ruim. A gente tem dados alarmantes do tipo que uma das principais reclamações da cidade hoje são as subprefeituras que não conseguem dar conta da zeladoria da cidade. O orçamento chegou aqui com subprefeituras como Vila Mariana com mais de R$ 10 milhões de acréscimo no seu orçamento e subprefeituras como Cidade Tiradentes e outros bairros carentes da cidade com orçamento menor do que o ano passado.”

Folha Noroeste

Somos o maior prestador da região Noroeste, com mais de 100 mil exemplares impressos a Folha do Noroeste tem se destacado pelo seu comprometimento com a Noticia e tem ajudado a milhares de pessoas a divulgar os problemas do cotidiano de nosso bairro.

Adicione Comentário

Clique aqui para postar um comentário