COTIDIANO

Enel e teles prometem acabar com emaranhado de fios em postes da capital

Publicado em 17/10, às 12h50

Por Priscila Perez

Pressionadas pelo Procon-SP, a Enel Distribuição São Paulo e as empresas de telecomunicações (Vivo, Claro, TIM e Oi) firmaram um protocolo de intenções nesta semana para resolver o emaranhado de fios que é comum nos postes da capital. Os fios soltos deverão acabar após o mutirão.

Fios soltos em postes da capital. Foto: Rivaldo Gomes/Folhapress.

Até dezembro, a estimativa é resolver o problema em 18 mil postes da cidade. Porém, a resolução ainda está distante da zona noroeste. Os primeiros 1,8 mil postes a serem arrumados estão localizados em vias importantes da capital, como 23 de Maio, Pedro Álvares Cabral, Brasil, Rebouças, 9 de Julho e Luís Carlos Berrini. A região do Paraíso será a primeira a se ver livre desse emaranhado de fios.

Segundo o Procon-SP, as teles terão que organizar seus cabos em seis pontos por grupo econômico e instalar equipamentos em local adequado. Ou seja, nenhum fio poderá estar próximo da rede energizada, nem apresentar risco ao pedestre. Como contrapartida, a Enel vai remover dos postes possíveis cabos irregulares, instalados de forma clandestina. Assim, haverá espaço para a readequação. “Será a primeira etapa de um projeto que pretende deixar São Paulo livre de toda essa fiação que cria uma imagem péssima na cidade”, afirma o diretor executivo do Procon-SP, Fernando Capez.

Folha Noroeste

Somos o maior prestador da região Noroeste, com mais de 100 mil exemplares impressos a Folha do Noroeste tem se destacado pelo seu comprometimento com a Noticia e tem ajudado a milhares de pessoas a divulgar os problemas do cotidiano de nosso bairro.

Adicione Comentário

Clique aqui para postar um comentário