COTIDIANO

Exclusivo: Secretário da Saúde garante que prefeitura assumirá Hospital Sorocabana

Publicada em 25/11/2020 às 10h13

Por Eduardo Fiora e Alexandra Swerts (Observatório Leopoldina)

“Em dezembro, o Governo de São Paulo irá providenciar a transferência definitiva do terreno do Hospital Sorocabana para o Município de São Paulo”. A informação vem do secretário municipal da Saúde, Edson Aparecido, que recebeu em seu gabinete representantes do Fórum Sorocabana, movimento em defesa da reabertura do antigo hospital da Rua Faustolo (Lapa), desativado em 2010.

Um dos participantes do encontro com Aparecido foi Rubens Pinheiro Filho, membro do Conselho Municipal de Saúde, representando a sociedade civil da Zona Oeste. Segundo ele, após a transferência anunciada pelo secretário da gestão Bruno Covas serão elaborados projetos de adequação e de fundação estrutural da edificação. “Haverá uma licitação para a contratação de empresa de engenharia para elaborar o Projeto Executivo”, afirma Pinheiro. “O secretário Aparecido garantiu que uma vez reaberto, o Sorocabana funcionará como um Hospital Geral, de porta aberta para a população, com especialidades que serão definidas em paralelo à elaboração do Projeto Executivo”, acrescenta o conselheiro municipal e um dos fundadores do Fórum Sorocabana.

As verbas para reforma do prédio do antigo hospital lapeano, onde apenas o andar térreo está ativo com oferta de serviços ambulatoriais, pronto-atendimento e leitos para emergência covid-19, poderão vir, segundo Edson Aparecido, do acordo já firmado entre Prefeitura e Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) garantindo a execução do programa Avança Saúde. A iniciativa conta com aporte de US$ 200 milhões nos próximos cinco anos, dos quais US$ 100 milhões serão obtidos com o financiamento junto ao BID e o restante como contrapartida da prefeitura. No total, estão previstas cerca de 150 obras distribuídas por toda a Capital.