COTIDIANO

Governo Doria adia licitação para gestão das 75 unidades do Poupatempo no Estado

Publicado em 07/01, às 11h50

Por Priscila Perez

Em meio a questionamentos e acusações de brecha à ação de cartéis, a Gestão Doria adiou a licitação que selecionaria as sete novas empresas responsáveis pelo gerenciamento das 75 unidades do Poupatempo, distribuídas em todo o Estado, sendo uma delas no bairro da Lapa.

Poupatempo Lapa Foto: Divulgação

A concorrência está sendo realizada pela Companhia de Processamento de Dados do Estado de São Paulo (Prodesp), que afasta qualquer suspeita de cartel. O adiamento, segundo a estatal, foi necessário para “evitar questionamentos sobre lisura e idoneidade”. Para se ter ideia, a licitação recebeu mais de 60 questionamentos e nove impugnações.

As vencedoras ficariam responsáveis pela limpeza e manutenção dos prédios onde funcionam as unidades do Poupatempo, principal vitrine da Gestão Doria. O serviço é conhecido por ser eficiente e desburocratizado. Entretanto, os contratos atuais estão prestes a vencer.

Poupatempo Lapa. Foto: Divulgação.
Cartel

Uma empresa de São Caetano do Sul, que já administra duas unidades, fez o principal questionamento. Segundo ela, a licitação beneficia a atuação de grandes construtoras e “cria condições favoráveis” para o surgimento de cartéis. Isso porque, de acordo com o edital, todas as 75 unidades foram divididas em sete lotes. Ou seja, cada empresa vencedora ficará com, ao menos, dez unidades do Poupatempo. Além disso, houve pouco tempo para a elaboração das propostas, já que a licitação foi lançada em 16 de dezembro.

A Prodesp, por sua vez, destaca que o modelo adotado garante “mais transparência e isenção”, além de ser reconhecido pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE).

Folha Noroeste

Somos o maior prestador da região Noroeste, com mais de 100 mil exemplares impressos a Folha do Noroeste tem se destacado pelo seu comprometimento com a Noticia e tem ajudado a milhares de pessoas a divulgar os problemas do cotidiano de nosso bairro.

Adicione Comentário

Clique aqui para postar um comentário