COTIDIANO

Inscrições para obter subsídio no setor cultural termina nesta sexta,16

Publicada em 15/10/2020 às 12h

Por Cristina Braga

Os espaços artísticos e culturais têm as inscrições prorrogadas até amanhã, 16, às 23h59 pela plataforma SP CULTURA para obter o benefício da Lei Aldir Blanc de Emergência Cultural que  pagará de R$ 3 mil a R$ 10 mil (três parcelas mensais pagas de uma única vez) . A Lei (i nº 14.017/2020) estabelece mecanismos e critérios para garantir apoio às trabalhadoras e trabalhadores da cultura e à manutenção de territórios/espaços culturais com atividades interrompidas por força da pandemia causada pelo novo coronavírus.

Essas ações emergenciais, que representam um investimento de R$ 70.854.049,80, se somam a uma série de atividades que integram o plano municipal de incentivo à cultura e ao setor artístico lançadas desde março, quando iniciou-se o distanciamento social imposto pelo combate ao Covid-19.

Entre os espaços culturais aptos a solicitar o subsídio, estão:
– Pontos e Pontões de Cultura;
– Teatros Independentes;
– Escolas de Música, de Capoeira e de Artes, e Estúdios, Companhias e Escolas de Dança;
– Circos;
– Cineclubes;
– Centros Culturais, Casas de Cultura e Centros de Tradições Regionais;
– Museus Comunitários, Centros de Memória e Patrimônio;
– Bibliotecas Comunitárias;
– Espaços culturais em Comunidades Indígenas;
– Centros Artísticos e Culturais Afrodescendentes;
– Comunidades Quilombolas;
– Espaços de Povos e Comunidades Tradicionais;
– Festas populares, inclusive o Carnaval e o São João, e outras de caráter regional;
– Teatro de Rua e demais expressões artísticas e culturais realizadas em espaços públicos;
– Livrarias, editoras e sebos;
– Empresas de diversões e produção de espetáculos;
– Estúdios de Fotografia;
– Produtoras de cinema e audiovisual;
– Ateliês de pintura, moda, design e artesanato;
– Galerias de Arte e de Fotografias;
– Feiras de arte e artesanato;
– Espaços de apresentação musical;
– Espaços de literatura, poesia e literatura de cordel;
– Espaços e Centros de cultura alimentar de base comunitária, agroecológica e de culturas originárias, tradicionais e populares;
– Outros espaços e atividades artísticos e culturais a serem analisados e validados pela Comissão de Acompanhamento e Execução.