EDUCAÇÃO

Novidade, variedade e desafio crescente: como o SUPERA ajuda o seu filho na volta às aulas

Publicado em 12/02/2021 às 10h

Por Redação (Supera)

Quanto seu filho perdeu em performance em 2020? Mensurar as dificuldades de milhões de estudantes brasileiros depois de meses em casa no sistema de ensino híbrido (presencial e online) é, ainda, um desafio, seja pela indefinição da retomada completa das aulas presenciais, ou mesmo pelo prolongamento do sistema de aulas online, o que deve acontecer até o final 2021 – uma realidade para a maioria dos estados brasileiros.

“Nós sabemos que houve um prejuízo e que vai ser difícil retomar isso. Este prejuízo é geral para todos os alunos que estão saindo prejudicados em termos de aprendizagem, mas também com prejuízos sócio emocionais o que vão depender de um esforço grande de nossa parte”, disse o secretário de articulação regional da Secretaria Estadual de Educação do Estado de São Paulo, Henrique Pimentel em entrevista ao SUPERA.

Ao considerar o cenário, este é o momento certo para crianças, jovens e adultos retomarem seus níveis de performance podendo utilizar como base os conceitos das neurociências aplicados a uma prática que estimula e desenvolve o cérebro.

Aprendendo a aprender

Para se manter os patamares de desenvolvimento depois de um ano atípico, o cérebro deve ser estimulado corretamente com atividades e informações novas, que fazem com que a mente assimile estímulos de maneira mais efetiva e duradoura.

O conceito de neuroaprendizagem, aplicado há 15 anos pelo SUPERA – uma rede de escolas de ginástica para o cérebro – em todo Brasil, utiliza como fundamento o conceito de neuroplasticidade, já comprovado pela ciência, que consiste na ideia do cérebro se modificar de acordo com estímulos.

Para que isso funcione na prática, deve-se realizar atividades que tenham como norteadoras a novidade, variedade e desafio crescente, fazendo com que o cérebro se desenvolva de maneira equilibrada e harmoniosa, desenvolvendo habilidades como memória, concentração, raciocínio e criatividade.

“A base da ginástica cerebral está na novidade, na variedade e nos desafios crescentes. Incentivamos os alunos a vencerem desafios, encontrarem soluções criativas para seus problemas e a pensar de forma diferente. O cérebro, apesar de ser um órgão requisitado o tempo todo, ele tem tendência a ser preguiçoso, a funcionar no piloto automático. Por isso, é importante fazer exercícios que exigem pensamento, raciocínio”, explicou Patrícia Lessa, Diretora Pedagógica Nacional do SUPERA.

Patrícia ressalta ainda que o método de ginástica para o cérebro do SUPERA tem como finalidade principal trabalhar não apenas o cognitivo, mas também habilidades emocionais e sociais, o que é hoje mais importante do que nunca para milhões de crianças e jovens.

 

Atenção ao emocional

Ficar longe dos amigos e da professora fragiliza não apenas o intelectual, mas também o emocional, sobretudo de crianças. As emoções estão intimamente ligadas com o processo de aprendizagem; uma criança consegue assimilar melhor as informações quando elas lhe são passadas de maneira inovadora, que envolva seus sentidos e seja lúdico, por isso o ambiente escolar é muito importante.

“Trabalhar o desenvolvimento cognitivo já é hoje um foco da nossa política de reforço e recuperação: vamos focar em habilidades essenciais para recuperar essa defasagem que a criança teve em 2020. Muitas crianças que estavam no processo de aprendizagem desaprenderam a escrever o próprio nome, de forma geral todos regrediram e vai ser um desafio enorme para este processo de recuperação”, pontuou Henrique.

Turbine seu cérebro 

Com o estímulo cerebral correto e as atividades necessárias que mantêm um ambiente de aprendizagem propício para alunos, os alunos SUPERA se sentem capacitados a enfrentarem seus próprios desafios, de maneira inovadora e criativa, aplicando em sua rotina conceitos vistos em sala de aula e encarando o ambiente escolar como algo acolhedor e dinâmico.

“Nossas escolas já estão absorvendo uma demanda maior de alunos estimulados principalmente por esta necessidade maior de suprir essa carência escolar. Temos certeza de que o SUPERA será um ponto decisivo para milhões de alunos no Brasil e estamos preparados para absorver esta demanda”, concluiu Patrícia.

SUPERA – Ginástica para o cérebro

Com mais de 400 unidades o SUPERA é a maior rede de Ginástica para o cérebro do mundo e já mudou a vida de mais de 170 mil pessoas no Brasil.

 

 

Folha Noroeste

Somos o maior prestador da região Noroeste, com mais de 100 mil exemplares impressos a Folha do Noroeste tem se destacado pelo seu comprometimento com a Noticia e tem ajudado a milhares de pessoas a divulgar os problemas do cotidiano de nosso bairro.

Adicione Comentário

Clique aqui para postar um comentário