ENTRETENIMENTO

Circo di SóLadies lança documentário sobre o projeto Choque-Rosa no auditório da Prefeitura Regional da Lapa

Apresentação ocorre na noite desta quinta-feira, 19

Publicado às 12h20

Após uma longa jornada de pesquisa, criação, estreia e circulação do espetáculo “Choque Rosa ou Com que Armas Lutamos?” o Circo di SóLadies lança um documentário intitulado “Choque-Rosa” para compartilhar com a população toda esta trajetória permeando o universo feminino e a palhaçaria feminina.

O documentário conta com falas das integrantes do Circo di SóLadies –  Kelly Lima, Lilyan Teles, Tatá Oliveira e Verônica Mello – que idealizaram um projeto inteiro realizado somente por mulheres e aborda um processo de pesquisa que refletiu sobre questões de gênero e o espaço da mulher na sociedade, através de um encontro com a arte da mulher palhaça. O filme conta ainda com participações especiais de mulheres que fizeram parte do projeto como Luciana Viacava, que assina a direção do espetáculo. Quem assina a direção do documentário Choque-Rosa é Lays Somogyi.

O documentário é baseado no processo de criação de “Choque-Rosa”, um espetáculo de Palhaçaria Feminina criado para ser apresentado em diferentes espaços e áreas não convencionais como parques, praças e avenidas. Um formato que propositalmente buscou interagir com um público misto e diverso, atraindo a atenção dos passantes para refletir sobre o espaço da mulher na sociedade contemporânea. A temporada de “Choque-Rosa” contou com apresentações em diversos espaços públicos das cidades de Osasco, Diadema e de São Paulo.

Neste espetáculo de rua, as mulheres palhaças e feministas misturam técnicas circenses com a linguagem cômica, para refletir e alertar para igualdade de gênero, valorizando o protagonismo, o poder da mulher e a força de mulheres do passado que fizeram história.

A criação do espetáculo partiu da pesquisa do grupo sobre a história de mulheres brasileiras e o impacto de seus feitos na sociedade, lidando com a violência gerada pelo machismo e o patriarcado. “Elas, as que vieram antes, guiaram nossas escolhas e guiarão as palhaças em suas descobertas” – explicam as integrantes do grupo.

Utilizando camadas simbólicas, o grupo surpreende por tratar de temas que geralmente são considerados complexos, com muita delicadeza e poesia. Através do riso, inspiram reflexões importantes sobre a potência da mulher, dialogando e envolvendo os públicos de todas as idades, divertindo crianças, jovens e adultos.

“Choque-Rosa” é um projeto contemplado pelo edital PROAC Montagem e Circulação de Circo, da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo. Desde a idealização, passando pela criação, produção, comunicação, execução e outras funções, todas as tarefas do projeto, sem exceção, foram realizadas por mulheres.

Um Circo feito por mulheres para todos os públicos

Idealizado por Lilyan Teles e Tatá Oliveira, o Circo di SóLadies surgiu em 2013 a partir das inquietações em relação a desigualdade de gênero e da percepção de que havia ainda um pequeno espaço dado à mulher tratando-se de comicidade e linguagem do palhaço. Em 2016, após dois anos de apresentações e intervenções, juntam-se a elas as artistas Kelly Lima e Verônica Mello, ampliando o repertório do grupo.

Feito por mulheres – palhaças, atrizes, musicistas, pesquisadoras e realizadoras – para todos os públicos, é um circo em que as artistas desenvolvem o repertório através do improviso e do jogo cênico com elementos fundamentais para a conexão e interação com o público, a conquista do estado da graça, do riso e da reflexão sobre o papel da mulher na sociedade.

Se programe para participar da temporada de estreia do Circo di SóLadies. Mais informações em: www.facebook.com/circodisoladies


Lançamento Documentário Choque-Rosa 

Sinopse: O Circo di SóLadies compartilha através deste documentário todo o processo de pesquisa e criação do espetáculo Choque-Rosa, um projeto executado em sua íntegra por mulheres, que propõe importantes reflexões sobre questões de gênero, o empoderamento feminino e a força de mulheres que fizeram história (conhecidas e desconhecidas). O documentário é um convite a uma imersão no processo de criação deste grupo formado por mulheres palhaças e feministas.

Onde: Auditório da Prefeitura Regional da Lapa – Rua Guaicurus, 1000 – Lapa – São Paulo

Quando: Dia 19 de Julho de 2018 – Horário: 20h00

Duração: 45 minutos | Classificação: Livre | Grátis

Folha Noroeste

Somos o maior prestador da região Noroeste, com mais de 100 mil exemplares impressos a Folha do Noroeste tem se destacado pelo seu comprometimento com a Noticia e tem ajudado a milhares de pessoas a divulgar os problemas do cotidiano de nosso bairro.

Adicione Comentário

Clique aqui para postar um comentário