ESPAÇO DO LEITOR

Avenidas e ruas com péssimo estado de conservação

Publicado em 19/08/2021 às 08h

Por Redação

Reclamação do leitor sobre ruas e avenidas com péssimo estado de conservação

“Sobre as ruas e avenidas abaixo, cansamos de reclamar junto a Subprefeitura de Pirituba, mas não dão a devida importância. O estado de conservação é um absurdo, dezenas e dezenas de remendos mal feitos buracos então…necessitam de recapeamento total, são ruas e avenidas de tráfego intenso. Notamos que os locais abaixo mencionados estão sendo sistematicamente preferidos por outros locais que não tem o mesmo movimento. Total discriminação não se sabe o motivo.

Avenida Paula Ferreira, rua Guilherme Giovani Leardini, rua Rio Verde, rua Silvio Bonilha todas em estado de calamidade total. A Avenida Raimundo Pereira de Magalhães, calamidade total, as curvas têm tantas ondulações que os carros derrapam, tornou-se uma via extremamente perigosa. A partir do Shopping Tietê até o número 6008 foi recapeada. Porque deste número em diante ficou sem recapear. É um absurdo a quantidade de buracos”.

O jornal segue aguardando uma devolutiva da assessoria de imprensa da prefeitura.

 

 

Folha Noroeste

Somos o maior prestador da região Noroeste, com mais de 100 mil exemplares impressos a Folha do Noroeste tem se destacado pelo seu comprometimento com a Noticia e tem ajudado a milhares de pessoas a divulgar os problemas do cotidiano de nosso bairro.

Comentário

Clique aqui para postar um comentário

  • Gostaria de sugerir que a rua Ana Paulina, na vila Comercial em Pirituba, seja mão única sentido bairro-centro. O motivo principal é que próximo a rua Maestro Arturo de Angelis existem uma subida muito íngreme, que até mesmo as motos tem dificuldade de subir… além dela ser uma rua muito estreita, difícil até mesmo para manobrar um carro. A mão única ajudaria também na fluidez da avenida Mutinga, pois veículos que descem essa avenida são obrigados a parar quando acessam a Ana Paulina; com isso também eliminaria a (terrível) conversão à esquerda que os veículos fazem quando sobem a Mutinga. Aliás, para acabar essas horríveis conversões à esquerda, deveria-se estender o canteiro central que se inicia próximo a rua Adalberto Kurt até a rua Luiz José Montensanti (o que daria mais segurança aos pedestres, pois próximo há um ponto de ônibus, ou mesmo instalar uma mureta, igual àquela defronte ao Carrefour) pois: 1- carros que vêm da travessa Renê Vannes também fazem isso; 2- próximo ao nº 325 da Mutinga haverá um restaurante, que até já comprou um terreno ao lado para estacionamento; 3- e do outro lado da avenida o posto de gasolina está reformando para voltar às atividades. Se nada for feito, o trânsito ficará caótico por ali. Obrigado