ESPAÇO DO LEITOR

Problemas de recapeamento asfáltico no Pq. Maria Domitila

Publicado em 21/06/2021 às 13h40

Por Redação

Demanda do leitor referente a recapeamento:

“Pedimos que seja feito o recapeamento asfáltico nas ruas Mariana Camargo (toda a extensão) e Adolfo de Souza Carneiro (entre as ruas Willis Roberto Banks e Mariana Camargo). Existem buracos, valetas e outros problemas que causam grandes prejuízos aos moradores com seus veículos”.

“Temos problemas também de buracos e valetas nas ruas Mariana Camargo e Adolfo de Souza Carneiro. Este recapeamento não é feito a mais de 15 anos e os consertos são extremamente mal feitos”.

Em nota a Assessoria de Imprensa informou:

A Prefeitura de São Paulo, por meio da Subprefeitura Pirituba/Jaraguá, informa que após vistoria nas duas vias mencionadas, o serviço de tapa-buraco será executado até o final da próxima semana. O cronograma poderá sofrer alteração devido à chuva. As vias estão incluídas no planejamento da gestão para receber o serviço de recapeamento.

BURACOS TAPADOS
Neste ano, entre janeiro e maio, 4.427 buracos foram tapados na região de Pirituba/Jaraguá. Em toda a cidade, entre janeiro e dezembro de 2020, 130.404 buracos foram tapados. Neste ano, entre janeiro e maio, 73.974 buracos foram tapados na cidade.

TEMPO DE ATENDIMENTO
No início de 2017, o tempo de atendimento para serviços de tapa-buraco era de 128 dias.

Já em maio deste ano, o tempo de atendimento passou a ser de 8 dias.

REGISTROS DE RECLAMAÇÕES
Os munícipes devem fazer as solicitações por meio do canal oficial da Prefeitura, pelo Portal 156  sp156.prefeitura.sp.gov.br/portal no aplicativo SP156 e via central de atendimento telefônico no número 156

INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES
A Secretaria Municipal das Subprefeituras, informa que tem investido em tecnologia para implementação de melhorias na gestão do pavimento da cidade e priorizado o atendimento das solicitações feitas pelos cidadãos.

O Geovista realiza o mapeamento das vias da cidade e identifica a qualidade e o conforto do pavimento por meio de dispositivos acoplados a veículos. Dessa forma, é possível verificar as condições do asfalto e localizar possíveis defeitos e irregularidades.  Além disso, o Geovista permite o acompanhamento mensal das vias, além de identificar mudanças que ocorreram com o passar do tempo, seja por desgaste do asfalto ou mesmo por obras de concessionárias. Cerca de 80% das vias da cidade já foram monitoradas pelo sistema.

Trechos em situação ruim são analisados pelo Pavscan, que identifica o serviço que deverá ser realizado de acordo com o grau do desgaste, e, se necessário, pelo FWD, ferramenta responsável por identificar a necessidade de reparos profundos. Isso permite que as vias recebam um recapeamento exclusivo, gerando um investimento mais eficaz, economia financeira e de material, e mais qualidade.

Quando identificado buracos de responsabilidade da Secretaria Municipal das Subprefeituras, o serviço é incluído no cronograma e efetuado.

Folha Noroeste

Somos o maior prestador da região Noroeste, com mais de 100 mil exemplares impressos a Folha do Noroeste tem se destacado pelo seu comprometimento com a Noticia e tem ajudado a milhares de pessoas a divulgar os problemas do cotidiano de nosso bairro.

Adicione Comentário

Clique aqui para postar um comentário