REGIONAL

Conselho Participativo da Lapa entrega ofício na Câmara Municipal

Comunidade defende a reabertura do Hospital Sorocabana, fechado desde 2010

Publicado às 13h15

Por Cristina Braga

Na última quarta, dia 12, durante uma reunião ordinária da Comissão Permanente de Saúde, Promoção Social, Trabalho e Mulher da Câmara Municipal de São Paulo, o Conselho Participativo da Lapa (CPM) entregou aos vereadores uma série de reivindicações a respeito do Hospital Sorocabana, na Lapa, fechado desde 2010. No documento, defende-se a reabertura da unidade, sua municipalização e gestão direta pela Prefeitura, sob o controle social do Conselho Gestor de Saúde, além do atendimento 100% SUS.

Estiveram presentes na ocasião, representando a comunidade lapeana, Antônio Zagato, do CPM Lapa; Rubem Alves Pinheiro Filho, do Conselho Gestor de Saúde; Renata Zambonelli, do Fórum Popular de Saúde; e Ivan Martins, do Comitê de Defesa do Hospital Sorocabana.

Em dois ofícios, o CPM Lapa solicita uma audiência pública exclusiva para o Sorocabana, em horário favorável à participação social (período noturno ou sábado), e a adoção de medidas imediatas. Entre elas, constam a realização de vistoria para documentar e registrar a situação dos equipamentos no interior do edifício, a instalação de câmeras de segurança no local para atenuar os furtos e uma auditoria das dívidas averbadas na matrícula do imóvel, transmitindo a posse, em definitivo, para a Prefeitura de São Paulo – e garantindo a municipalização
da unidade hospitalar.

Ao final da sessão, a Comissão de Saúde anunciou que na próxima reunião ordinária estarão presentes os secretários municipal e estadual de Saúde. O encontro está previsto para o dia 19, quarta, às 13h, na Câmara
Municipal de São Paulo, que fica no Viaduto Jacareí, 100 (oitavo andar).

Foto: Cristina Braga/Folha Noroeste

Folha Noroeste

Somos o maior prestador da região Noroeste, com mais de 100 mil exemplares impressos a Folha do Noroeste tem se destacado pelo seu comprometimento com a Noticia e tem ajudado a milhares de pessoas a divulgar os problemas do cotidiano de nosso bairro.

Adicione Comentário

Clique aqui para postar um comentário