REGIONAL

CPTM aperta cerco contra ambulantes e retoma licitação para vigilância na Linha 7-Rubi

Publicado em 05/02, às 11h40

Por Priscila Perez

A fim de reforçar o combate ao comércio irregular dentro e fora dos trens, a CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) retomou, na última terça-feira, 4 de fevereiro, a licitação para ampliar a vigilância nas estações da Linha 7-Rubi (Jundiaí – Francisco Morato – Brás – Luz). O processo busca empresas ou consórcios parceiros para a prestação de serviços de vigilância e segurança patrimonial nas instalações e composições da rede.

Foto: Reprodução/Silvio Barsetti/Terra.

Quem vencer o pregão eletrônico atuará em conjunto com a Polícia Militar, cujos policiais já reforçam a segurança em toda o sistema nas horas de folga, durante 30 meses. Além da 7-Rubi, consta na licitação – interrompida em janeiro devido a uma liminar movida pela Seal Segurança Alternativa Eirelli, a 10-Turquesa (Rio Grande da Serra – Santo André – Brás).

Combate a ambulantes

Em suas rondas diárias nas estações, os policiais podem atuar, tanto nas plataformas como dentro dos trens, em ocorrências que envolvam crimes como furto, roubos, assédio e venda ilegal de bilhetes. Contudo, apesar da parceria com a PM, apenas a equipe de segurança da CPTM está autorizada a fiscalizar o comércio irregular em suas instalações. Por isso, o reforço na segurança com a contratação de uma empresa especializada.

Trem lotado da CPTM. Foto: Reprodução/TV Globo.

Nesta semana, inclusive, o presidente da Companhia, Pedro Moro, afirmou que o objetivo é acabar com o comércio ambulante ainda em 2020. “A viagem tem que ser a mais tranquila possível. As pessoas têm que entrar no trem com segurança e conforto para seguir sua viagem”, disse em entrevista à Rádio ABC.

Folha Noroeste

Somos o maior prestador da região Noroeste, com mais de 100 mil exemplares impressos a Folha do Noroeste tem se destacado pelo seu comprometimento com a Noticia e tem ajudado a milhares de pessoas a divulgar os problemas do cotidiano de nosso bairro.

Adicione Comentário

Clique aqui para postar um comentário