REGIONAL

Escolas de Pirituba e da Freguesia do Ó recebem Prêmio concedido pela Câmara Municipal

Publicado em 23/9/2020 às 9h27

Por Cristina Braga

Na última sexta,18, ocorreu na Câmara Municipal de São Paulo, a entrega da 15ª edição do “Prêmio Paulo Freire de Qualidade do Ensino Municipal”, que reconhece projetos desenvolvidos por educadores nas escolas públicas do município de São Paulo, cujos projetos visam ao aprimoramento da qualidade do ensino público. Catorze projetos receberam prêmios, entre os 167 inscritos, maior número de inscrições da história do prêmio.

Entre as catorze escolas classificadas, duas são da zona noroeste: EMEF Rui Bloem , do jardim Santo Elias, em Pirituba, e a CEI Vereador João Toniolo, na Freguesia do Ó.A EMEF Rui Bloem apresentou o Projeto “Abrindo portas com arte” e conquistou na Categoria III – Ensino Fundamental II/Ensino Médio, o segundo lugar e a CEI Vereador João Toniolo conquistou o segundo lugar na Categoria I – Educação Infantil com o projeto Saídas culturais – Ultrapassando os muros do CEI” .

Sobre a premiação
Entregue anualmente, o prêmio foi instituído em 1998, em homenagem à vida e ao trabalho do educador, pedagogo e filósofo brasileiro Paulo Freire, com o objetivo de estimular e valorizar as iniciativas que, pautadas na busca de alternativas e na criatividade, estejam alinhadas a uma política educacional comprometida com a melhoria do processo de ensino-aprendizagem. As inscrições foram abertas entre 1 e 8 de julho.

Confira a lista completa e colocação dos premiados:
Categoria I – Educação Infantil
1º lugar – Projeto “Jongo: uma roda pela igualdade” – EMEI Nelson Mandela;
2º lugar – (empate) Projeto “Territórios Brincantes: revelando as múltiplas formas de ser criança no extremo sul – vivências com a infância guarani” – EMEI Professor José La Torre;
2ª lugar – (empate) Projeto “Saídas culturais – Ultrapassando os muros do CEI” – CEI Vereador João Toniolo;
3º lugar – Projeto “Viagem para África” – EMEI Dona Maria de Lourdes Coutinho Torres;
Categoria II – Ensino Fundamental I
1º lugar – Projeto “Mulheres que mudaram o mundo” – EMEF Coelho Neto;
2ª lugar – Projeto “FRUVS” – EMEF Deputado José Blota Júnior;
3º lugar – Projeto “Transformando vidas” – EMEF Professora Shirley Guio;
Categoria III – Ensino Fundamental II/Ensino Médio
1º lugar – Projeto “Um país chamado Grajaú: cartografia afetiva do bairro, sua história, personagens, coletivos e organizações sociais” – EMEF Padre José Pegoraro;
2ª lugar – Projeto “Abrindo portas com arte” – EMEF Rui Bloem;
3º lugar – Projeto “Sarau Heranças Afro: a ruptura do silêncio e o emergir de novas identidades” – EMEF Anna Silveira Pedreira;
Categoria IV – Educação de Jovens e Adultos
1º lugar – Projeto “Mundo do Trabalho” – CIEJA Professor Francisco Hernani Alverne Facundo Leite.
2ª lugar – Projeto “Descolonizar os cotidianos (in)visíveis: culturas e povos indígenas na formação da cidade de São Paulo e da sociedade brasileira” – CIEJA Vila Prudente/Sapopemba;
3º lugar – (empate) Projeto “Encontro Brasil Angola – arte africana e afro brasileira da tradição à contemporaneidade” – CEU EMEF Professora Cândida Dora Pino Pretini;
3º lugar – (empate) Projeto “EJA trabalhando cultura maker e robótica com sucata” – CEU EMEF Manoel Vieira de Queiroz Filho.