REGIONAL

Hospital Dia Lapa e Brasilândia devem receber nos próximos dias miniusinas de oxigênio

Publicado em 27/04/2021 às 11h20

Por Redação/G1

Com as novas inaugurações, a cidade passará a ter nove miniusinas das 19 que que foram prometidas pela administração municipal no início da segunda onda da Covid-19 na cidade. Os novos equipamentos serão implementados em hospitais das Zonas Leste e Sul da capital.

A Prefeitura de São Paulo promete entregar mais cinco novas miniusinas de oxigênio até o fim desta semana na capital paulista. Os equipamentos serão implementados em hospitais das Zonas Leste e Sul da capital. Depois disso, ainda demora três dias para os equipamentos começarem a produzir gás.

As próximas unidades de saúde que devem receber uma miniusina geradora de oxigênio, prevista para dia 3o de abril, são: UPA Vila Mariana, Hospital Dia São Mateus, Assistência Médica Ambulatorial (AMA) José Pires, Hospital Dia Mooca, Hospital Dia Butantã, Hospital Dia Lapa, Hospital Dia Vila Guilherme, Hospital Dia Brasilândia e Hospital Dia Sapopemba.

Uma das miniusina ainda terá o local de instalação definido. As entregas serão feitas gradualmente, segundo a Secretaria Municipal da Saúde (SMS).

Duas miniusinas que foram entregues na semana passada – no hospital Sorocabana e no Hospital M´Boi Mirim 2 – devem começar a operar totalmente até quarta-feira (28). Juntas, as duas primeiras unidades entregues têm capacidade de gerar 29m³ de oxigênio por hora cada uma. Isso significa que cada uma delas gera 696m³ do gás por dia.

As unidades entregues na semana passada terão capacidade para 20m³ e 29m³ de oxigênio por hora (no M’Boi Mirim II e Hospital Sorocabana, respectivamente), o equivalente a 1.176m³ por dia, juntas.

Com as novas inaugurações, a cidade passará a ter nove miniusinas de oxigênio das 19 que que foram prometidas pela administração municipal no início da segunda onda da Covid-19 na cidade.

Os equipamentos terão um custo de R$ 9,3 milhões e a instalação demandará R$ 104,5 mil.

Folha Noroeste

Somos o maior prestador da região Noroeste, com mais de 100 mil exemplares impressos a Folha do Noroeste tem se destacado pelo seu comprometimento com a Noticia e tem ajudado a milhares de pessoas a divulgar os problemas do cotidiano de nosso bairro.

Adicione Comentário

Clique aqui para postar um comentário