REGIONAL

Luta pela reabertura do Sorocabana ganha novo fôlego após leilão

Secretário Municipal da Saúde promete visitar o local no próximo dia 5

Publicado às 13h10

Por Cristina Braga

Uma notícia inesperada surpreendeu os moradores da Lapa no último dia 24: o prédio do antigo Hospital Sorocabana foi leiloado pelo Tribunal Regional do Trabalho (TRT) de São Paulo para quitar dívidas trabalhistas –
embora não seja a primeira vez que isso ocorra. O imóvel já quase havia ido a leilão pelo mesmo motivo em 2012. Na época, o Governo do Estado conseguiu barrar o processo. Porém, desta vez, foi arrematado por Conceição
Castilho Ceballos Melo, com lance mínimo estabelecido em 40% do valor do imóvel, ou seja, R$ 16,3 milhões em um complexo avaliado em R$ 40,9 mi.

O processo que deu origem à venda do terreno (quando a Prefeitura já tinha a concessão provisória da unidade), movido por Juves Junior contra a Associação Beneficente dos Hospitais Sorocabana (ABHS), seu antigo gestor, foi para saldar uma dívida de R$ 25 mil. Isso só aconteceu porque a Justiça do Trabalho não localizou outros bens para saldar o crédito devido. Sendo assim, não houve defesa por parte da entidade, e o julgamento ocorreu à revelia, dando vitória ao reclamante. Uma semana após o leilão, a 89ª Vara do Trabalho de São Paulo anulou a arrematação. A decisão, tomada pela juíza Daniela Mori, levou em conta que a Justiça do Trabalho não tinha conhecimento de que o Estado detinha a posse parcial do terreno.

Encontro com o Secretário da Saúde

O movimento de moradores e coletivos do bairro a favor do Sorocabana ganhou mais fôlego após o leilão. Um comitê de defesa entregou documento denunciando irregularidades no processo. “O valor do imóvel giraria em
torno de 149 milhões, mas, em um único lance, o hospital e o terreno foram arrematados por um pouco mais de 10% do valor”, questionam.

No último dia 29, Rubens Alves Filho, do Conselho Gestor de Saúde da Lapa, se reuniu com o Secretário Municipal da Saúde, Edson Aparecido, para tratar do tema. Na ocasião, entregou a defesa de um hospital 100% público e
questionamentos sobre quem se responsabiliza nos processos trabalhistas. No próximo dia 5, quarta-feira, o secretário vai realizar uma visita ao complexo hospitalar e, a partir dela, pautar novas definições em conjunto com o Governo do Estado. Já no dia 12, está programada uma Audiência Pública na Câmara Municipal.

Folha Noroeste

Somos o maior prestador da região Noroeste, com mais de 100 mil exemplares impressos a Folha do Noroeste tem se destacado pelo seu comprometimento com a Noticia e tem ajudado a milhares de pessoas a divulgar os problemas do cotidiano de nosso bairro.

Adicione Comentário

Clique aqui para postar um comentário