NOTÍCIAS EM DESTAQUE REGIONAL

Na Toca da Onça: pedestres andam em grupo para evitar assaltos em túneis da Lapa

Há relatos de ação de criminosos durante as madrugadas em passagens subterrâneas 12 de Outubro e Toca da Onça

Publicado às 9h55

Priscila Perez com informações do G1

Escuras, sujas e depredadas. As passagens subterrâneas 12 de Outubro e Toca da Onça, que ficam abaixo da linha de trens da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos), na Lapa, sempre foram motivo de preocupação para os pedestres. Os dois túneis, inclusive, haviam sido reformados recentemente, mas dificilmente a limpeza perdura.

Agora, além da degradação, a população está enfrentando momentos de insegurança: para evitar assaltos, os pedestres andam em grupos. Isso acontece porque, durante a madrugada, os locais ficam muito vazios.

Insegurança nos túneis

Uma oportunidade e tanto para a ação de criminosos nos túneis da Lapa. É o que diz a auxiliar de limpeza Maria, que utiliza a Toca da Onça diariamente. “Sozinha eu não passo.” Para Lúcia, outra pedestre, a solução é andar em grupo. “Quando vem aquele monte de gente, nós acompanhamos.”

Localizada perto do Mercadão da Lapa, a Toca da Onça liga as ruas William Speers e John Harrison. Já o túnel 12 de Outubro faz a conexão entre as ruas Doze de Outubro, Dr. Cincinato Pomponet e Rua John Harrisson, na Lapa de Baixo.

A Polícia Militar já se pronunciou sobre o caso e promete realizar mais patrulhamentos na região.

Folha Noroeste

Somos o maior prestador da região Noroeste, com mais de 100 mil exemplares impressos a Folha do Noroeste tem se destacado pelo seu comprometimento com a Noticia e tem ajudado a milhares de pessoas a divulgar os problemas do cotidiano de nosso bairro.

Adicione Comentário

Clique aqui para postar um comentário