REGIONAL

Procon cobra Enel após acidente fatal na Lapa; galhos estavam próximos à rede elétrica

Publicado em 08/01, às 10h50

Por Priscila Perez

Após o acidente que vitimou um homem de 52 anos no bairro da Lapa, zona oeste da cidade, envolvendo a rede elétrica, o Procon-SP notificou a Enel para que a concessionária – responsável pelo fornecimento de energia na capital – preste esclarecimentos sobre o caso. Isso porque, segundo testemunhas, a árvore em questão, uma mangueira, estava com a fiação elétrica passando por entre seus galhos. A planta necessitava de poda, a qual foi realizada logo após o acidente ocorrido no último domingo, 5 de janeiro.

Foto: Acidente no bairro da Lapa, zona oeste. Reprodução/BandNews FM

Mário Galdino Pereira havia subido na árvore para pegar mangas, quando recebeu uma descarga elétrica de 13 mil volts por encostar na fiação. Naquele momento, houve um curto-circuito e parte da rua ficou sem energia. Aa testemunhas ainda afirmam que o gari, ao escorregar, teria segurado na fiação que “passava pelo meio da mangueira”.

Foto: Reprodução/TV Globo.

Moradores da Rua Domingos Rodrigues, na Lapa, contam que já tinham solicitado o serviço de poda à Prefeitura no ano passado, mas ninguém apareceu para cortar os galhos. Procurada, a Subprefeitura da Lapa confirmou que, como a mangueira estava em contato com a fiação elétrica, era necessária a poda pela Enel – somente ela pode realizar este tipo de serviço. A concessionária, inclusive, teria sido acionada em 17 de agosto de 2019

Para esclarecer o caso, o Procon aguarda respostas da Enel, que deverá informar o que tem feito para evitar acidentes como esse. A concessionária, por sua vez, afirma que irá encaminhar as informações solicitadas.

O caso está sendo investigado pela Polícia Civil no 91º DP da Vila Leopoldina.

Folha Noroeste

Somos o maior prestador da região Noroeste, com mais de 100 mil exemplares impressos a Folha do Noroeste tem se destacado pelo seu comprometimento com a Noticia e tem ajudado a milhares de pessoas a divulgar os problemas do cotidiano de nosso bairro.

Adicione Comentário

Clique aqui para postar um comentário