REGIONAL

Programa emergencial de calçadas começa a ser esboçado pela Sub Lapa

Leonardo Casal Santos fala sobre moradores de rua, Toca da Onça e Ponte da Raimundo

Publicado às 10h30

Por Cristina Braga

Orçamento previsto na ordem de R$48 milhões é o que estima a Subprefeitura Lapa, sob o comando de Leonardo Casal Santos, para 2020. Para falar sobre a verba e os desafios encontrados, convidamos o subprefeito para uma entrevista no estúdio da Folha Noroeste. Veja o bate-papo completo em nosso canal do YouTube e no Facebook.

A Lapa está na lista de bairros que entraram no Plano Emergencial de Calçadas. Com isso, receberão pisos táteis e acessibilidade. A expectativa é que o serviço seja iniciado este mês e termine em 2020. “Quem irá refazer as calçadas é o poder público, mas caberá ao munícipe a manutenção e conservação dessas vias”, esclarece o subprefeito. Ainda sobre um dos problemas mais crônicos do bairro – as passagens subterrâneas que ligam a Lapa de Baixo -, Leonardo Santos explicou que tendem a inundar como a “Toca da Onça”. Ele lembra que é uma galeria pluvial, e não de pedestres. “Acho que deveria ser discutida a possibilidade de ficar fechada essa passagem no período noturno”, considera.

Moradores de rua na Lapa

Na ocasião, o subprefeito disse que a região recebeu uma migração de moradores de rua como reflexo de reintegração de posse (como o caso da favela do cimento e de outros locais). “No primeiro semestre deste ano, tivemos infelizmente sete mortes por briga entre moradores de rua, mas, quando fazemos ação de zeladoria, trabalhamos em parceria com o pessoal da assistência social [CRAS/SMADS].”

Ponte da Raimundo

Indiscutivelmente, a Ponte da Raimundo (ligação viária entre Pirituba e Lapa) é importante para a cidade. Porém, o formato que chega à Vila Anastácio é motivo de reflexão, indica Leonardo Santos. Para ele, o bairro já é ponto de entrada de quem pega a Via Anhanguera e está bem adensado. “A discussão é técnica. Desse jeito, corre o risco do piritubano chegar do outro lado e ficar parado no trânsito”, pondera.

Folha Noroeste

Somos o maior prestador da região Noroeste, com mais de 100 mil exemplares impressos a Folha do Noroeste tem se destacado pelo seu comprometimento com a Noticia e tem ajudado a milhares de pessoas a divulgar os problemas do cotidiano de nosso bairro.

Adicione Comentário

Clique aqui para postar um comentário