REGIONAL

Reforma e ampliação do Hospital Sorocabana, na Lapa, não sai do papel

Publicado em 06/10/2021 às 08h30

Via G1

Prefeitura de SP diz que governo estadual ainda não transferiu prédio para o município, impedindo início da ampliação para outros 5 andares. Movimentos sociais afirmam que estado negou acesso aos processos de transferência que apontariam motivo do atraso.

Mais de um ano depois de reaberto parcialmente pela Prefeitura de São Paulo, as obras de reforma e ampliação do Hospital Sorocabana, na Zona Oeste da capital, ainda não saíram do papel.

Mesmo com a verba de R$ 30 milhões já garantida por lei aprovada na Câmara Municipal de São Paulo em julho deste ano, não há previsão da gestão Ricardo Nunes (MDB) para que a reforma dos outros cinco andares do antigo hospital e maternidade seja iniciada.

Em audiência pública na última quinta-feira (30), o secretário Municipal da Saúde, Edson Aparecido, disse à Comissão de Saúde da Câmara Municipal que o atraso se dá porque o governo de São Paulo não passou formalmente a posse do prédio para o município de São Paulo.

A reativação total do Sorocabana é uma reivindicação antiga dos moradores da Lapa, na Zona Oeste. O hospital anterior fechou em 2010, após problemas financeiros. O prédio de sete andares pertence ao estado de SP e era administrado pela Associação Beneficente de Hospitais Sorocabana antes do fechamento.

Folha Noroeste

Somos o maior prestador da região Noroeste, com mais de 100 mil exemplares impressos a Folha do Noroeste tem se destacado pelo seu comprometimento com a Noticia e tem ajudado a milhares de pessoas a divulgar os problemas do cotidiano de nosso bairro.

Adicione Comentário

Clique aqui para postar um comentário