REGIONAL

Sorocabana será transferido do Estado para a Prefeitura em setembro

Publicado às 10h45

Por Cristina Braga

Em reunião na UBS Jardim Vera Cruz, na Lapa, no último dia 27, com o Conselho Gestor da unidade, o secretário municipal da Saúde Edson Aparecido afirmou perante os conselheiros que a transferência do Hospital Sorocabana do Governo do Estado para a Prefeitura de São Paulo deverá ser assinada ainda este mês, em definitivo. Segundo o secretário, a gestão Bruno Covas vai negociar a reforma, que deve durar, no mínimo, um ano e meio, com verba vinda do BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento).

“Pouco mais de um ano após a criação do Comitê de Defesa do Sorocabana, obtivemos um compromisso público e com prazo”, definiu Antônio Zagato, membro do Conselho Participativo da Lapa e integrante do grupo que luta pela reabertura do hospital.

Foto: Edson Vieira/Folha Noroeste

Na reunião, estavam presentes os conselheiros participativos, gestores públicos, o vereador Celso Giannazi (PSOL) e “a comunidade organizada, consciente de seus direitos e dos deveres do Estado”, destacou Zagato. Com a permuta para a transferência do imóvel, o Comitê de Defesa do Hospital Sorocabana atinge o primeiro de seus seis pontos de reivindicação, que foram pactuados em manifesto aprovado em agosto de 2018 pelos vários coletivos e indivíduos que o integram.

“Foi um ano de pressão e luta, com atos, ofícios e inúmeras reuniões com conselheiros, procuradores e vereadores. Mas esse é só o começo. Continuaremos batalhando pela efetivação dos outros cinco pontos: sua reabertura; 100% SUS; integrado à rede municipal; gestão direta, com profissionais concursados; e o hospital sob a fiscalização e o controle social do Conselho Gestor, democraticamente eleito”, defende Antônio Zagato.