SAÚDE

Rússia diz que vacina Sputnik V tem 92% de eficácia

Publicada em 11/11/2020 às 11h06

Por Cristina Braga

Resultados preliminares de testes clínicos apontam que a vacina Sputnik V é 92% eficaz em proteger pessoas do novo coronavírus, de acordo com o fundo soberano russo. A Rússia foi o primeiro país a registrar uma vacina contra o novo coronavírus, em agosto. A aprovação foi concedida antes do início dos testes em larga escala, que começaram em setembro.

Os resultados preliminares são baseados em informações dos testes de 16 mil participantes que receberam as duas doses da vacina, que financia a produção da vacina. A análise foi conduzida após 20 participantes do teste serem diagnosticados com a covid-19 e posterior verificação de quantos receberam placebo.Esse é um número significativamente menor que os 94 testes positivos da vacina desenvolvida pela Pfizer e BioNTech. Para confirmar a taxa de eficácia, a Pfizer disse que continuaria os testes até atingir 164 casos de covid-19 entre os participantes. Os testes russos vão continuar por mais seis meses.