SAÚDE

Você tem fome de quê? USP vai mapear os hábitos alimentares dos brasileiros durante dez anos

Publicado em 17/02, às 9h40

Por Priscila Perez

Pelos próximos dez anos, os pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP) vão mapear e analisar os hábitos alimentares dos brasileiros. Desenvolvido pelo Núcleo de Pesquisas Epidemiológicas em Nutrição e Saúde (Nupens), o estudo tem como missão identificar como a população se alimenta diariamente, traçando suas principais virtudes e problemas. O mais interessante é que o brasileiro poderá contribuir com a pesquisa utilizando apenas um celular: basta se inscrever no site Nutrinet Brasil e responder às questões a cada três meses. A ideia é que 200 mil pessoas participem do levantamento.

Mas, afinal, o que levamos à mesa? Temos fome de quê? Com os dados em mãos, os pesquisadores poderão traçar um padrão de alimentação e compreender o surgimento de doenças crônicas na população, como obesidade, diabetes e problemas no coração. A pesquisa também poderá ajudar no desenvolvimento de políticas públicas que estimulem uma alimentação mais saudável, sem com menos açúcar e sódio.

Foto: Reprodução/Shutterstock.
Alimentação saudável. Foto: Divulgação.

“Lá na frente, nós vamos juntar as informações dos participantes com outras informações como internações hospitalares, como registro de câncer e mesmo registro de mortalidade, para poder dizer qual é o risco de aparecimento dessas doenças ou mesmo de morrer por uma dessas doenças”, pontua Carlos Augusto Monteiro, professor do Departamento de Nutrição da Faculdade de Saúde Pública da USP e Coordenador Científico do Nupens/USP.

Para participar, inscreva-se em https://nutrinetbrasil.fsp.usp.br/#participar.

 

Folha Noroeste

Somos o maior prestador da região Noroeste, com mais de 100 mil exemplares impressos a Folha do Noroeste tem se destacado pelo seu comprometimento com a Noticia e tem ajudado a milhares de pessoas a divulgar os problemas do cotidiano de nosso bairro.

Adicione Comentário

Clique aqui para postar um comentário