COTIDIANO

Escola de Circo na Vila Penteado perde 100 vagas após corte da Prefeitura

Publicado às 12h30

Por Priscila Perez

Há 35 anos, o Circo Social Vila Penteado, na zona norte da cidade, é sinônimo de atividades culturais e esportivas, com direito a aulas de teatro, circo e artes plásticas. O local, que reúne crianças e adolescentes entre seis e dezessete anos, oferece ainda café da manhã, almoço e lanche da tarde. Não à toa, a Escola de Circo tornou-se importantíssima para a comunidade.

Criançada do Circo Social; Foto: Reprodução.

Porém, um corte no número de vagas surpreendeu a coordenação do projeto, que é tocado por uma organização social. Na última segunda-feira, 7 de outubro, a Prefeitura reduziu de 444 para 317 o número de alunos atendidos. Foi uma decisão puramente orçamentária – redução de custos. “Não houve qualquer diálogo com a coordenação para a tomada dessa decisão”, resume a assistente social Paula Lusa Soares, de 59 anos.

Segundo ela, as crianças atendidas pelo projeto são muito carentes. Critérios como ser beneficiário do Bolsa Família, ter sido encaminhado por redes de apoio como o Conselho Tutelar e renda per capta foram levados em conta para realizar os ajustes.

Circo Social
Circo Social na Vila Penteado. Foto: Rivaldo Gomes/Folhapress.

A Secretaria de Assistência Social, por sua vez, nega que haverá cortes no número de alunos. A readequação irá afetar apenas as vagas ociosas. “Trata-se de uma medida para promover melhor eficiência dos gastos públicos, sem prejudicar as crianças já atendidas no programa.”

Folha Noroeste

Somos o maior prestador da região Noroeste, com mais de 100 mil exemplares impressos a Folha do Noroeste tem se destacado pelo seu comprometimento com a Noticia e tem ajudado a milhares de pessoas a divulgar os problemas do cotidiano de nosso bairro.

Adicione Comentário

Clique aqui para postar um comentário