COTIDIANO

Famílias receberão cartão com R$ 215 para comprarem uniforme; aulas começam no dia 5

Publicado em 15/01, às 12h

Por Priscila Perez

Com o cancelamento da licitação que forneceria o uniforme escolar aos alunos da rede municipal, muitas famílias ficaram preocupadas com a possibilidade de não recebem os kits até o início do ano letivo, previsto para o dia 5 de fevereiro. A reprovação em massa das 20 empresas participantes da concorrência surpreendeu a Prefeitura de São Paulo, que foi obrigada a anunciar um “plano b” para suprir toda a demanda por uniformes.

Rede municipal volta às aulas no dia 5, Foto: Lalo de Almeida/Folhapress.

Em fevereiro, pais e responsáveis receberão nas escolas um cartão bancário com R$ 215. A compra das vestimentas deverá ser realizada em lojas credenciadas pela Secretaria da Educação, distribuídas em toda a cidade. Segundo o secretário Bruno Caetano, os pontos de venda serão fiscalizados pela pasta para garantir a qualidade dos produtos fornecidos. Com o dinheiro em mãos, as famílias poderão comprar as peças que julgarem necessárias.

Entenda o caso

Segundo o prefeito Bruno Covas, a qualidade dos uniformes não atendeu ao padrão exigido pelo edital. Cerca de 661 mil kits com camisetas, meias, jaqueta, calça, blusão, bermuda e tênis deveriam ser fornecidos pelas empresas vencedoras ao final do processo.

Uniforme escolar. Foto:: Divulgação/Prefeitura de São Paulo.

A reprovação ocorreu após “testes de análise” realizados em novembro pelo Senai (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial) e pelo IBTEC (Instituto Brasileiro de Tecnologia do Couro, Calçado e Artefatos). Em entrevista à Rádio CBN, Covas confirmou que as três primeiras colocadas de cada lote foram reprovadas. As camisetas ficaram cheias de bolinhas, e os tênis machucavam os pés.

Folha Noroeste

Somos o maior prestador da região Noroeste, com mais de 100 mil exemplares impressos a Folha do Noroeste tem se destacado pelo seu comprometimento com a Noticia e tem ajudado a milhares de pessoas a divulgar os problemas do cotidiano de nosso bairro.

Adicione Comentário

Clique aqui para postar um comentário