COTIDIANO

Prefeitura autoriza a reabertura de clubes sociais

Publicado em 29/6/2020 às 9h17

Por Cristina Braga

Os Clubes sociais espaços poderão reabrir a partir desta segunda, 29, desde que implementem as medidas necessárias de segurança e higiene, que podem incluir o fornecimento de máscaras, distanciamento social , modificações físicas no local de trabalho e regras de triagem de usuários.

Condições para a reabertura

Deverão permanecer fechadas:

áreas infantis, atividades coletivas (culturais, esportivas e físicas) orientadas por profissionais (técnicos, instrutores e preparadores físicos), quadras poliesportivas, bares, restaurantes e lanchonetes, piscinas e academias. Haverá apenas a reabertura das áreas comuns, que nunca tiveram a obrigação de estar fechadas.

Para evitar a superlotação das dependências do clube em horários determinados, será necessário estabelecer rodízio de dias ou horários para que os espaços sejam frequentados pelos sócios.A obrigatoriedade do uso de máscaras por todos os colaboradores e sócios permanece, especialmente nas reuniões e nos ambientes compartilhados. Os clubes deverão recomendar a idosos, portadores de doenças crônicas como diabetes, cardiopatias, hipertensão e asma, grávidas e puérperas, que permaneçam em isolamento nas suas respectivas casas.

Oficio de Eliseu Gabriel
O Vereador Eliseu Gabriel (PSB) havia protocolado um oficio a semana passada ( nº 110/2020) à Coordenadoria de Vigilância em Saúde (Covisa) solicitando a reabertura dos clubes na cidade de São Paulo. O parlamentar gravou um vídeo onde defende a abertura desses locais com todos os protocolos de segurança. “É o momento dos clubes poderem abrigar as pessoas que desejam fazer sua ginástica, suas atividades físicas”, explica.