COTIDIANO

Prefeitura quer usar verba de multas de trânsito para bancar hospitais de campanha

Publicado em 24/03, às 12h30

Por Priscila Perez

O combate ao novo coronavírus na capital tem demandado milhões em investimento extra em saúde para conter o avanço da doença em solo paulistano e ampliar a capacidade de atendimento da rede pública. Diante da urgência de medidas imediatas para ampliar o número de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTIs), a Prefeitura de São Paulo está reavaliando o orçamento municipal para angariar recursos extras em caráter emergencial.

Uma das soluções defendidas pela Gestão Covas é utilizar a verba obtida com multas de trânsito para custear os hospitais de campanha que serão montados no Estádio do Pacaembu e no Complexo do Anhembi, totalizando dois mil leitos de internação de baixa e média complexidades.

Hospital de campanha no Pacaembu. Foto: Reprodução/G1.

Além do Fundo Municipal de Desenvolvimento do Trânsito (FMDT), também está na mira da Prefeitura o chamado Fundo Municipal de Desenvolvimento Urbano (Fundurb), que é alimentado com recursos de outorga onerosa (direito de construir acima do que é permitido por lei). Somados, os dois representam R$ 5 bilhões. Enquanto o primeiro é destinado a ações de engenharia de tráfego e tapa-buraco, o segundo banca melhorias estruturais nos bairros.

Leitos em construção no Pacaembu. Foto: Divulgação.

Dada a emergência provocada pelo coronavírus, a lógica seria redirecionar esse dinheiro para o tratamento de infectados. Porém, a transferência desses recursos não funciona como uma mera operação bancária e precisa ser autorizada pela Câmara Municipal. A minuta do projeto de lei deve ser apresentada aos parlamentares nesta terça-feira, 24 de março.

Folha Noroeste

Somos o maior prestador da região Noroeste, com mais de 100 mil exemplares impressos a Folha do Noroeste tem se destacado pelo seu comprometimento com a Noticia e tem ajudado a milhares de pessoas a divulgar os problemas do cotidiano de nosso bairro.

Adicione Comentário

Clique aqui para postar um comentário