COTIDIANO

Procon-SP registra alta de 75% em reclamações por ligações indesejadas no 1º semestre

Publicado em 31/7/2020 às 10h45

Por Cristina Braga

Levantamento realizado pelo Procon-SP apontou alta de 75% no número de reclamações por ligações indesejadas de ofertas telefônicas de produtos e serviços. De janeiro a julho deste ano, foram 31,6 mil queixas de consumidores que receberam chamadas mesmo após terem feito cadastro no “Não Me Ligue”, programa do Procon-SP que protege a privacidade de quem não deseja ser incomodado.No mesmo período de 2019, o Procon-SP havia registrado 18 mil reclamações de consumidores.Após 30 dias do registro do consumidor no sistema da Fundação, as empresas, inclusive as de outros Estados, não podem fazer ligações para oferta de produtos ou serviços. Casos de desrespeito devem ser denunciados ao Procon-SP, que vai apurar e aplicar multas.

O Procon-SP tem 2,6 milhões de linhas telefônicas inscritas no “Não Me Ligue”. Entre janeiro a julho deste ano, foram feitas mais de 400 mil inscrições.