EDUCAÇÃO

Educação SP recebe 115,7 mil máscaras da campanha #nãosecale do Instituto Liberta

Publicada em 08/12/2020 às 8h17

Por Cristina Braga

A Secretaria Estadual da Educação recebeu 115,7 mil máscaras do Instituto Liberta que serão distribuídas para professores e alunos da rede estadual de São Paulo.

“O uso desta máscara tem duas medidas protetivas, que são para o coronavírus e também para a exploração sexual”, destaca o secretário Rossieli Soares.As máscaras são bordadas com a mensagem #nãosecale com o intuito de conscientizar e estabelecer uma rede de comunicação para que crianças e adolescentes falem sobre exploração sexual e possam pedir ajuda em casos de violência. A ação é parte da campanha.

“Nosso objetivo com essa campanha não é apenas distribuir máscaras, mas também engajar as pessoas com uma causa urgente no Brasil que é a violência sexual contra crianças e adolescentes”, diz Luciana Temer, presidente do Liberta.  A meta é chegar a 200 mil peças fornecidas para a rede pública de educação.

Abaixo: Secretário da Educação do Estado Rossieli Soares com professora