EDUCAÇÃO

Escola no Jaraguá dá exemplo de inclusão com projeto de sensibilização social

Publicado em 09/12, às 10h

Por Priscila Perez

Empatia é a capacidade de sentir e compreender o que o outro sente. Com o objetivo de estimular esta habilidade em seus alunos, a Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) Chácara Turística, localizada no Jaraguá, realizou ao longo deste ano um projeto de sensibilização social para incitá-los a quebrar paradigmas sobre a deficiência, visando uma sociedade mais inclusiva.

Por meio de vivências e muito diálogo, os alunos do oitavo e nono ano foram estimulados a reconhecer e valorizar as diferenças, tendo como pontapé o Esporte Paraolímpico. A iniciativa partiu da professora de Educação Física, Rosimeire Cavalcante, e foi abraçada pelos professores Ademar Massoni, Jennifer Leão dos Santos e Roseane de Oliveira Nunes Carpaxon, com o apoio da diretora Priscilla Barreto Cancio.

Piquenique às cegas no Jaraguá. Foto: Divulgação.

Além das atividades em sala de aula sobre as modalidades esportivas, o projeto “Esporte Paraolímpico – Do conhecimento à Sensibilização Social” realizou um piquenique às cegas na Praça Vila Esperança, próximo à escola, para que os alunos pudessem vivenciar atividades cotidianas, como comer, conversar e brincar, com o desafio de estarem vendados. A experiência foi uma importante ferramenta para ampliar o entendimento dos estudantes sobre a importância de exercitar a empatia para a construção de uma sociedade mais inclusiva. Uma vivência que transforma vidas.

Folha Noroeste

Somos o maior prestador da região Noroeste, com mais de 100 mil exemplares impressos a Folha do Noroeste tem se destacado pelo seu comprometimento com a Noticia e tem ajudado a milhares de pessoas a divulgar os problemas do cotidiano de nosso bairro.

Adicione Comentário

Clique aqui para postar um comentário