ESPAÇO DO LEITOR

Opinião – Como usar o modelo das startups para alavancar o seu negócio?

Publicado em 05/02, às 11h50

Por Thiago Shimada – CEO da Academia da Marca e Mentor de Donos de Negócio

Gente, o que tem de tão inovador em uma startup? Sua tecnologia, suas metodologias, seus escritórios divertidos? Ou, ao mesmo tempo que tudo isso, nada disso? As startups só fazem algo óbvio e que, loucamente, não era feito anteriormente, que é perguntar ao cliente: “meu amor, você precisa disso?”. Insano, não é mesmo?

A maioria das empresas e empresários, independentemente do tamanho, trabalha, em regra geral, com o empirismo. “Ué, mas como assim?”, você diria. Eu explico.

Foto: Reprodução/Pocket Lab.

Muita gente vê que algo está em alta como, por exemplo, uma paleteria, hamburgueria ou barbearia. Então, essas mesmas pessoas vão em uma certa região e lá percebem que não há nenhum desses negócios, o que desperta nelas a brilhante ideia de montar algum deles no local. Bom, pode até ser que isso dê certo por um período, mas e depois?

A resposta é: não há sustentabilidade, pois não foi pensada na necessidade mais latente do cliente que é a DOR. E isso mostra o quanto essas oportunidades “da moda” de mercado, como tantas outras, sempre vão passar.

Daí vem a pergunta: “mas Thi, como eu faço para pensar dessa forma, na dor do meu cliente?”.

Você não pensa na dor dele. Afinal, ela não é sua! Por isso, você precisa PERGUNTAR a ele de alguma forma – uma simples pesquisa por meio do Google Forms, por exemplo, pode ajudar. Mas não faça questionamentos diretos como “você gostaria de ter uma loja de utensílios domésticos em sua região?”. Provavelmente, a maioria responderá com um seco e objetivo “sim”. Por isso, monte um questionário mais abrangente, com perguntas que deem espaço para a pessoa responder como “Quais são os estabelecimentos de utensílios domésticos que você mais frequenta em sua região? Liste cada um deles”. Na sequência, alguma outra pergunta como: “Em sua região, você sente falta de qual tipo de atividade e comércio?”.

E qual é a grande sacada aqui?

Pegando ainda o exemplo que eu dei anteriormente, se na primeira pergunta a pessoa listar e “utensílios domésticos” ficar no TOP 5, isso é ótimo! Somado à segunda pergunta (sobre sentir falta desse modelo de loja), se esse tipo de comércio também estiver no TOP 5, EUREKA: você acabou de achar uma dor relevante!

Conhecer seu cliente é fundamental para prosperar. Foto: Reprodução.

Mas não vale perguntar só para a uma pessoa, viu? Pesquisas desse tamanho, que permitem entender a real dor do seu cliente, precisam ser feitas com, pelo menos, cem pessoas.

Gostou? Agora, chega de blá-blá-blá e mãos à obra, não é mesmo? Vá e utilize essa metodologia de startups para empreender ou reinventar o seu negócio. No final, o resultado só vai depender de você!

 

Folha Noroeste

Somos o maior prestador da região Noroeste, com mais de 100 mil exemplares impressos a Folha do Noroeste tem se destacado pelo seu comprometimento com a Noticia e tem ajudado a milhares de pessoas a divulgar os problemas do cotidiano de nosso bairro.

Adicione Comentário

Clique aqui para postar um comentário