REGIONAL

Medo da violência não abandona túneis na Lapa

Moradora da Freguesia do Ó vê problemas estruturais nas paredes e no teto da passagem subterrânea Doze de Outubro

Publicado às 13h20

Por Gabriel Cabral

A Lapa tem dois importantes túneis para a população: Toca da Onça e Doze de Outubro. Ambos ligam a Lapa de Baixo às linhas 7 e 8 da CPTM, ao terminal de ônibus e aos demais comércios da região. Porém, mesmo sendo tão utilizados, esses acessos subterrâneos não oferecem segurança à população, que circula em ritmo acelerado, com receito de assaltos.

Em mensagem enviada via WhatsApp à redação, a leitora Ivete Monteiro define a situação como “precária”. Ela mora na Freguesia do Ó, mas utiliza o Túnel Doze de Outubro todos os dias, como milhares de outros cidadãos. “As paredes do túnel e do teto estão precisando de reparos. Está um perigo aquele lugar”, observa. “Além dos pedestres que utilizam a passagem diariamente, há muitos vendedores informais ali. Portanto, antes que aconteça alguma tragédia, seria muito bom que tomassem providências. Porém, devemos ir atrás de quem?”, questiona
a leitora.

Após a passagem da TV Globo pelo local há poucos meses, alguns reparos foram feitos. Entretanto, problemas como vandalismo e falta de cuidado voltaram a deixar o lugar em situação ruim. “Confesso que tenho medo de andar por ali, mas não tenho outra opção”, revela Ivete. A Folha Noroeste enviou à Prefeitura Regional Lapa um
e-mail sobre o caso, mas não obteve resposta até o fechamento desta edição.

Na Toca da Onça, a situação também é grave. Para evitar a violência, grupos de pessoas têm se unido para poder atravessar o pequeno túnel. “Sozinha eu não passo”, disse uma munícipe.

Folha Noroeste

Somos o maior prestador da região Noroeste, com mais de 100 mil exemplares impressos a Folha do Noroeste tem se destacado pelo seu comprometimento com a Noticia e tem ajudado a milhares de pessoas a divulgar os problemas do cotidiano de nosso bairro.

Adicione Comentário

Clique aqui para postar um comentário