REGIONAL

Projeto da Prefeitura previa a instalação de banheiros públicos nas zonas norte e oeste; nenhum foi instalado até hoje

Publicado em 11/12, às 11h50

Por Priscila Perez

Uma promessa feita por João Doria enquanto prefeito previa a instalação de 600 banheiros públicos na cidade, sendo 78 na zona norte e 63 na oeste. O projeto foi anunciado em fevereiro de 2018, mas de lá para cá nenhum deles saiu do papel – nem mesmo o edital. A ideia era contar com o apoio de empresas privadas, que instalariam os banheiros em troca de publicidade. Tudo isso era para ter ocorrido em maio do ano passado, mas o Tribunal de Justiça de São Paulo barrou a licitação.

Foto: Luiz Guadanoli/SECOM.

Mais de um ano depois, a Prefeitura de São Paulo pretende retomar o projeto e aplicá-lo na região central da cidade, que tem passado por um importante processo de requalificação. A SPObras ainda vai definir os locais que receberão os sanitários públicos, mas endereços como Vale do Anhangabaú, Largo do Arouche, Triangulo Histórico e Praça da República já constam na lista. Como a licitação anterior foi cancelada, a administração municipal ensaia uma nova concorrência após a finalização dos estudos.

Ideia boa no papel
Foto: Luiz Guadanoli/SECOM.

Originalmente, as empresas parceiras ficariam responsáveis pelos sanitários públicos por 25 anos. Venceria a licitação aquela que apresentasse a melhor proposta técnica. Além de gratuito, o banheiro seria acessível e equipado com sabonete, papel higiênico, água corrente e ar-condicionado, contando ainda com um funcionário para mantê-lo limpo ao longo do dia.

Folha Noroeste

Somos o maior prestador da região Noroeste, com mais de 100 mil exemplares impressos a Folha do Noroeste tem se destacado pelo seu comprometimento com a Noticia e tem ajudado a milhares de pessoas a divulgar os problemas do cotidiano de nosso bairro.

Adicione Comentário

Clique aqui para postar um comentário