REGIONAL

Rio Pinheiros está mais sujo e raso entre as pontes do Jaguaré e Ary Torres; desassoreamento será concluído em 2020

Publicado em 02/12, às 11h15

Por Priscila Perez

Para colocar o plano de despoluição do Rio Pinheiros em ação, a Gestão Doria realizou o mapeamento dos locais mais sujos e que demandarão mais atenção. O pior trecho fica entre as pontes do Jaguaré e Ary Torres, próximo às desembocaduras dos córregos Jaguaré e Pirajuçara. Nesses pontos, o rio está mais raso devido à concentração de sujeira e sedimentos.

Rio Pinheiros. Foto: Reprodução/Marcelo Brandt/G1.

Segundo a Empresa Metropolitana de Águas e Energia (EMAE), responsável serviço, a profundidade do Rio Pinheiros varia de 2 a 1 metro – quanto mais raso, maior é a poluição. A batimetria, como é chamada, é uma importante etapa do processo de despoluição, que inclui a retirada de sedimentos do fundo do rio. O desassoreamento, segundo o secretário de Infraestrutura e Meio Ambiente, Marcos Penido, vai agilizar a diluição da população

O serviço já está a todo vapor e deverá ser concluído até meados de 2020. A expectativa é retirar mais de 500 mil metros cúbicos de detritos do fundo do Rio Pinheiros, entre pneus, portas, eletrodomésticos, bicicletas e areia. “Há possibilidade de reaproveitar 80% do que é tirado do fundo do Rio Pinheiros: lava, trata e faz bloco de concreto ou areia para obras da construção civil”, destaca o secretário.

Folha Noroeste

Somos o maior prestador da região Noroeste, com mais de 100 mil exemplares impressos a Folha do Noroeste tem se destacado pelo seu comprometimento com a Noticia e tem ajudado a milhares de pessoas a divulgar os problemas do cotidiano de nosso bairro.

Adicione Comentário

Clique aqui para postar um comentário