REGIONAL

Terreno do Hospital Sorocabana na Lapa não será trocado pelo Dante Pazzanese

Publicado em 23/03, às 9h

Por Cristina Braga

A gestão Bruno Covas (PSDB) prometeu entregar para a região norte o Hospital da Brasilândia em dezembro deste ano ao custo de R$ 234 milhões, mas a Lapa, que é um bairro sem nenhum leito de SUS, está longe de conseguir reabrir o Hospital Sorocabana.

No último dia 19 de fevereiro, na Audiência Pública da Comissão de Saúde da Câmara Municipal de São Paulo, o secretário municipal de Saúde Edson Aparecido explanou que não será possível uma possível troca de terrenos entre o Governo do Estado e a Prefeitura de São Paulo, acalentada desde 2018. Aparecido relatou que “a procuradoria da Secretaria de Estado da Saúde disse que o órgão não tem poderes para transferir o hospital para o município (o prédio)”. “Então, o posicionamento do jurídico do Estado é contrário a fazer a troca do Dante Pazzanese”, concluiu

Foto: Reprodução/Rádio Bandeirantes
Imbróglio jurídico

Já a Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria Municipal da Saúde, esclareceu que “o terreno onde se localiza o Hospital Sorocabana pertence ao Governo do Estado. Uma permuta com a área municipal onde fica o Instituto Dante Pazzanese chegou a ser cogitada, mas por questões jurídicas que envolvem o terreno do Hospital Sorocabana, a transação foi considerada inviável”.

O coordenador do Conselho Participativo da Lapa e, também, do Comitê Pró-Sorocabana Antônio Zagato disse que vai tratar prioritariamente de saúde na próxima reunião, prevista para o dia 6 de abril, mas destaca que é um “escândalo esse hospital fechado com cinco pavimentos. Enquanto o Sorocabana é mantido inutilizado e sem leitos diante da pandemia, a Prefeitura de São Paulo aloca para filmagens da SPCine”, enfatizou Zagato.

Folha Noroeste

Somos o maior prestador da região Noroeste, com mais de 100 mil exemplares impressos a Folha do Noroeste tem se destacado pelo seu comprometimento com a Noticia e tem ajudado a milhares de pessoas a divulgar os problemas do cotidiano de nosso bairro.

Adicione Comentário

Clique aqui para postar um comentário