SAÚDE

Prefeitura de São Paulo vacina hoje pessoas com 56 e 57 anos de idade

Publicado em 16/06/2021 às 11h40

Por Redação/SECOM

Rede de postos está operando para a imunização do grupo que compreende 275 mil moradores; comprovante de residência é obrigatório para aplicação da primeira dose

Com o escalonamento da vacinação por faixa-etária para minimizar as aglomerações, a capital paulista iniciou nesta quarta-feira (16), a imunização de seus moradores com 56 e 57 anos, grupo que corresponde a 275 mil pessoas segundo dados da Secretaria Municipal da Saúde (SMS).

A medida também visa oferecer segurança e tranquilidade para o público, que poderá acessar o portal De Olho na Fila e monitorar a quantidade de pessoas em cada posto de vacinação e, assim, escolher o melhor horário para se imunizar

Atualmente, toda a rede de postos de vacinação se encontra em operação. As pessoas podem buscar uma das 468 Unidades Básicas de Saúde (UBSs), as AMA/UBS Integradas, que funcionam inclusive aos sábados e feriados, os 17 SAEs (Serviços de Atenção Especializada), os 11 mega postos com acesso a pedestres, os mais de 130 postos volantes, a rede de farmácias parceiras e os 21 postos que operam exclusivamente em sistema drive-thru.

Todos os postos também estão disponibilizando as duas doses dos imunizantes. O horário de vacinação nos equipamentos de Saúde é das 7h às 19h, já nos drives, mega postos e farmácias a operação é das 8h às 18h.

O novo cronograma segue o calendário anunciado pelo Governo do Estado e, apenas, subdivide as pessoas. No total, a população da cidade de São Paulo com 50 a 57 anos supera 1,5 milhão de habitantes.

Na quinta-feira (17), poderão se vacinar pessoas com 54 e 55 anos, público estimado em 290 mil moradores da capital. Veja o calendário de vacinação, os grupos elegíveis e a relação completa dos postos de vacinação acessando a página Vacina Sampa.

Para receber o imunizante é necessário apresentar no ato da vacinação um comprovante de residência na capital, juntamente com os documentos pessoais, preferencialmente CPF e cartão SUS. A medida é necessária para garantir a vacinação à população do município de São Paulo.

O comprovante de endereço no município de São Paulo pode ser apresentado de forma física ou digital. Se não houver no próprio nome do munícipe, serão aceitos comprovantes em nome do cônjuge, companheiro, pais e filhos, desde que apresentado também um documento que comprove o parentesco ou estado civil (RG, certidão de nascimento, certidão de casamento ou escritura de união estável).

A SMS também recomenda o preenchimento do pré-cadastro no site Vacina Já (www.vacinaja.sp.gov.br). Para agilizar o tempo de atendimento nos postos de vacinação. Basta inserir dados como nome completo, CPF, endereço, telefone e data de nascimento para concluir o cadastro.

Imagem: Reprodução – Agência Brasil

 

Folha Noroeste

Somos o maior prestador da região Noroeste, com mais de 100 mil exemplares impressos a Folha do Noroeste tem se destacado pelo seu comprometimento com a Noticia e tem ajudado a milhares de pessoas a divulgar os problemas do cotidiano de nosso bairro.

Adicione Comentário

Clique aqui para postar um comentário