SAÚDE

São Paulo retoma campanha de vacinação contra o sarampo; Dia D será no próximo sábado

Publicado em 11/02, às 8h50

Por Priscila Perez

Crianças e jovens entre cinco e dezenove anos que ainda não foram imunizados contra o sarampo devem tomar a vacina contra o vírus a partir de hoje, 11 de fevereiro. A primeira etapa da campanha nacional de vacinação deste ano estará vigente até o dia 13 de março e mobilizará todos os postos de saúde do estado de São Paulo. No próximo sábado, 15 de fevereiro, será o Dia de D da imunização, com todas as unidades abertas (verifique aqui a mais próxima)

Dose é destinada a crianças a partir de cinco anos. Foto: Reprodução/Marcelo Camargo/ Agência Brasil.

Vale lembrar que a recomendação é válida para quem ainda não recebeu as duas doses da tríplice viral (que também protege contra caxumba e rubéola). Em caso de dúvida, basta comparecer à unidade de saúde com a carteirinha para verificar a necessidade da aplicação. “É de extrema importância o comparecimento para atualização da carteira de vacinação. Além de evitar diversas doenças, contribui para qualidade de vida de todos”, afirma a diretora de Imunização da Secretaria de Saúde, Núbia Araújo.

Recomendações

Para crianças nessa faixa etária, o recomendado é evitar aglomerações, manter a higienização adequada e permanecer em ambientes bem ventilados. Diante de qualquer sintoma da doença, como manchas vermelhas pelo corpo, febre, coriza, conjuntivite e manchas brancas na mucosa bucal, deve-se procurar imediatamente o médico.

Vacinação dos pequenos

De acordo com o calendário nacional de vacinação, a aplicação deve ocorrer em dois momentos: aos 12 e 15 meses – para reforço com a tetraviral (protege contra a varicela). Já os bebês de seis meses precisam receber a “doze zero”, que não consta no calendário.

A segunda fase da campanha nacional terá como público-alvo pessoas de 30 a 60 anos.

Sarampo em números

Em 2020, até o momento, foram 1.352 casos catalogados neste ano, sem óbitos. No ano passado, foram 16.075 casos e 14 mortes decorrentes de complicações pelo sarampo.

Folha Noroeste

Somos o maior prestador da região Noroeste, com mais de 100 mil exemplares impressos a Folha do Noroeste tem se destacado pelo seu comprometimento com a Noticia e tem ajudado a milhares de pessoas a divulgar os problemas do cotidiano de nosso bairro.

Adicione Comentário

Clique aqui para postar um comentário